Móveis em alta

5 tendências para a cozinha em 2019

Vai projetar uma nova cozinha? Então confira essas dicas que você pode adotar na marcenaria para garantir um ambiente funcional e moderno

A cozinha é, provavelmente, a maior compra que as pessoas fazem para suas casas na linha de mobiliário, sendo que ela pode envolver uma extensão para a sala ou área gourmet. Os estilos e layouts que podem ser adotados são diversos. Seu desenho pode variar ainda pelo perfil econômico dos clientes, metragem do imóvel ou mesmo linha de atuação dos arquitetos e marceneiros.

Recentemente, deixamos de olhar para a cozinha apenas como o lugar onde preparamos nossas refeições. É também um lugar onde você pode receber amigos e familiares, ou aproveitar a bancada para estudar e trabalhar. Por isso, a decoração e os móveis devem envolver cores, formas, materiais e toda a funcionalidade que esse ambiente exige.

De olho nestas transformações, que colocam a cozinha como a “estrela da casa”, selecionamos algumas tendências para você ficar de olho.

1. Cozinhas com duas tonalidades

Cozinhas de dois tons e materiais naturais e opostos, como madeira e pedra, são uma ótima escolha. Além disso, estamos vendo muito mais variações de cores e padrões de madeira revestindo os painéis de MDF e MDP. Essa tendência permite infinitas combinações nos projetos.

É possível optar pela mescla de cores neutras e fortes. A sobreposição de tons terrosos, verdes e azuis com o branco ou cinza também garante harmonia. Uma ótima maneira de combinar essas possibilidades é fazer os armários da base na cor mais escura e trabalhar bancadas e armários superiores em uma cor clara.

A tradicional composição de preto e branco não sai de moda e surge em inúmeros projetos contemporâneos. Para uma cozinha mais ousada, a tonalidade amarela em combinação com os cinzas suaves, como o concreto, propicia um belo resultado.

Cozinha minimalista combina preto, cinza e rosa, para criar um ambiente moderno.
Crédito: Ruslan Kovalchuk, Mariya Chmut e Stephen Tsimbalyuk

2. Cores escuras

As cores escuras ganham força no design das cozinhas e oferecem um visual atraente e moderno. Isso ocorre principalmente com os tons escuros de cinza, além do preto. Combinados a padrões madeirados, criam modernas composições, adicionando textura aos armários e estantes.

Atualmente, não existe mais certo ou errado na hora de decorar e escolher as cores para a cozinha. Só é preciso atentar-se ao projeto do cliente, tendo em mente qual é o estilo que se pretende aplicar.

Para arquitetos e designers, tons de preto ou azul marinho propiciam elegância e sofisticação na cozinha.
Crédito: Pinterest

3. Acabamentos diversos

A combinação de materiais é uma das tendências que surgiu na feira de Milão, ano passado, e continua forte. Quando se trata de projetos de cozinha, além da seleção de cores, vemos madeira, pedras, vidro, cerâmica ou metais em diferentes tonalidades. A proposta dos arquitetos e designers é criar um jogo com diferentes superfícies, mesclando acabamentos foscos, naturais e brilhantes. Veja mais tendências para a casa, segundo o relatório Pinterest 100 – clique AQUI para ler.

Crédito: Potpunkt

4. Minimalismo e funcionalidade na cozinha

O design dos armários da cozinha está cada vez mais clean e minimalista, sem abrir mão da funcionalidade. Com isso, é possível ver inúmeras opções de projetos com puxadores de cava na própria madeira ou com alças de concha, pequenas e discretas.

O mobiliário sem puxadores com sistema One-Touch da FGVTN é uma boa opção para deixar a decoração mais clean e funcional, conforme demonstra esse post. As corrediças ocultas, que ficam escondidas por “baixo” da gaveta, também são discretas e agregam valor ao mobiliário por não aparecer nas laterais das gavetas quando abertas. Mas veja como escolher o modelo ideal para o seu projeto – clique AQUI.

Crédito: Potpunkt
Com apenas um toque na parte da frente do móvel, a tecnologia One Touch possibilita que gavetas e portas se abram sem o uso de puxadores.
Crédito: FGVTN

5. Nova estética das cozinhas

Anteriormente, o estilo das cozinhas era fechado, escondendo todos os utensílios, temperos e panelas. A nova abordagem é exibir esses itens aparentemente comuns, mas que personalizam cada projeto. A tendência decorre ainda da vida na cidade, onde o armazenamento é fundamental e os espaços devem ser bem aproveitados. Prateleiras expostas também ajudam a criar a sensação de integração com a sala de estar e facilitam a operação no dia a dia.

As bancadas ou mesas acessórias também estão em alta e oferecem praticidade na cozinha, tanto para o preparo de alimentos como para outras tarefas do dia a dia. Nas cozinhas integradas com a sala de estar, uma opção que surge em mostras de arquitetura é dispensar o balcão da cozinha americana e transformá-lo na mesa de jantar principal da casa.

Crédito: Team7
Crédito: Team7

Conte pra nós qual dessas tendências já está presente nos seus projetos!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: