Atualidades

De bombas de ar a ferragens para móveis: uma trajetória de 65 anos

A FGVTN está comemorando 65 anos  e tem uma grande trajetória até aqui. Em 13 de agosto de 1953, Walter Tigges fundou a Técnica Nacional, que produzia bombas de ar para bicicletas e prestava serviços metais-mecânico. Com o passar dos anos, a empresa foi crescendo, principalmente devido ao esforço do fundador, que prezava pelo trabalho de qualidade, atendendo bem seus clientes, cultivando um bom relacionamento com seus fornecedores e cuidando da qualidade de vida de seus colaboradores.

Catálogo da Técnica Nacional dos anos 50/60 (Foto: Arquivo)

Através de sua administração objetiva e competente, a empresa desenvolveu sólidos alicerces para seu crescimento. Em 1973, a Técnica Nacional mudou-se para uma sede própria em um terreno de 26 mil m², com amplo barracão industrial e equipamentos modernos, no bairro Xaxim. Graças ao avanço, tanto em tamanho quanto em tecnologia, em 1976 a Técnica Nacional começou a produzir corrediças metálicas para gavetas e entrou com sucesso no ramo moveleiro do país. Novos produtos foram desenvolvidos, como a Linea Org, muito bem aceitos na América do Sul e outros continentes.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A empresa também se destacou no cenário nacional pela sua responsabilidade social e ambiental, por sempre fazer constantes investimentos no desenvolvimento de produtos, na qualificação da mão-de-obra e, principalmente, quando implantou o seu próprio sistema de tratamento de afluentes industriais.

Como Técnica Nacional vira FGVTN

No final dos anos 1990, a Técnica Nacional estabeleceu uma parceria com a empresa italiana Formenti & Giovenzana, que consistia na importação de ferragens italianas e na exportação de produtos brasileiros. Devido ao bom relacionamento, ao sucesso com as vendas e à qualidade dos produtos, em janeiro de 2000 a fusão dessas empresas parceiras deu origem a FGVTN Brasil. A atuação passou a abranger os mercados da América Latina, América do Norte, Europa, Índia e Ásia. A linha de bombas de ar para bicicletas, existentes desde 1953, foi transferida para a empresa IWTEC, de Walter Tigges e família, após da fusão com o grupo italiano.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Com a união, projetos tornaram-se realidade. O aumento do pavilhão em 2 mil m² e as inovações tecnológicas, como a moderna cabine automatizada de pintura eletrostática e ampliação da linha de corrediças, mostraram o avanço desta nova fase.

Agora com 65 anos, a FGVTN Brasil concentra a produção em componentes para móveis de alta qualidade, atendendo indústrias e revendas de todo o País. A linha de produção engloba acessórios de alto valor agregado, como dobradiças e corrediças com amortecimento, sistemas de gavetas metálicas com corrediças ocultas amortizadas, soluções de aramados deslizantes para móveis, quadros para pasta suspensa, os quais se somam a grande linha produtos. As soluções FGVTN Brasil são utilizadas em móveis de ambientes da casa e do escritório.

 

Veja também: Sonhos que se tornam realidade 

Deixe uma resposta