Marcenaria

A primeira loja de corrediça metálica do interior de São Paulo

O início

O comerciante Erasmo R. de Souza começou a carreira há quarenta anos quando fundou a Florestal Madeiras. Naquela época, meados da década de setenta, Campinas – SP já era o centro de uma grande região metropolitana em um processo acelerado de desenvolvimento. Inicialmente a Florestal era uma madeireira que tinha como produtos principais os compensados, aglomerados, laminados decorativos e adesivos. “Nessa jornada de sucesso devemos muito aos marceneiros, nossos principais clientes, foram eles que nos ajudaram a chegar até aqui”, afirma Erasmo.

A mudança

Hoje, a empresa administrada pelos filhos de Erasmo, Eduardo e Renata, não atua mais como madeireira, mudou seu nome para Florestal Ferragens e tornou-se uma revenda especialista no segmento de puxadores, peças, acessórios e componentes para a indústria moveleira, atendendo principalmente os fabricantes de móveis planejados.

“Nossos clientes vão desde o consumidor final até o mais sofisticado profissional do segmento moveleiro. Eles recebem atendimento especializado sobre os produtos das principais marcas disponíveis no mercado nacional. Os funcionários recebem treinamentos diretamente dos fornecedores, são eles que os qualificam para um melhor desempenho, mas principalmente para 38 que se sintam mais valorizados em suas funções”, explica o fundador da Florestal.

Um mercado em expansão

Há aproximadamente cinco anos a Florestal Ferragens começou a investir fortemente no mercado digital quando abriu uma loja virtual, a LocalDecor. Ela também se tornou um centro de distribuição e logística e dessa forma foi possível melhorarem muito o atendimento, não só aos marceneiros da região, mas principalmente aos arquitetos e decoradores de todo o território nacional.

A crise do ramo moveleiro

Erasmo acredita que há um processo de recuperação na crise do mercado imobiliário
embora tímido e lento, mas que lá na frente estará mais fortalecido. Ele aprendeu que, muitas vezes, a instabilidade é uma porta aberta para o crescimento, basta atravessar. Ele declara que nesse caminho as maiores dificuldades estão na instabilidade gerada pelas políticas públicas que transmitem total insegurança ao pequeno empreendedor. Porém confia plenamente na capacidade transformadora do povo brasileiro, especialmente na juventude conectada que está chegando.

“A minha convicção se fortalece a cada dia ao assistir meus filhos, que apesar das grandes dificuldades do momento, com muita competência estão projetando um futuro de grandes realizações para a Florestal Ferragens. Sem sombra de dúvidas o mercado moveleiro não atravessa um bom momento. Nos últimos dois anos, uma retração acentuada na área do empreendimento imobiliário junto ao alto nível de desemprego vem afetando de forma drástica as atividades do setor. No entanto, esse é o momento em que devemos ser eficientes e determinados, criando instrumentos e ferramentas para sermos mais competitivos de forma que quando a crise passar possamos recuperar o tempo perdido rapidamente e com ganhos de qualidade”, transmite Erasmo.

Um local de parcerias

O comerciante relata que nessas quatro décadas de atividade sente que, por conta da profissão, evoluiu muito como pessoa, criando vínculos pessoais de todos os níveis e fazendo parcerias permanentes e duradouras como a FGVTN, afinal essa é uma longa história de trinta e cinco anos. “No fim da década de setenta, início de oitenta, a Técnica Nacional (TN), fabricava bombas para pneus de bicicletas e mantinha no interior do estado de SP um jovem representante, que infelizmente não me lembro do nome, vendedor dos seus produtos. A loja de peças ficava no centro comercial da cidade, muito próxima da Florestal. Um dia ele entrou em nossa loja com propósito de obter informação, pois não era da cidade. Descobrimos o gosto comum pelas pedaladas nas trilhas, prática que se iniciava no Brasil. Naquele tempo, eu e meu filho, já nos aventurávamos no pedal. Foi assim que nos tornamos amigos.

Após algum tempo o jovem lembrou que a TN estava fabricando corrediças metálicas para gavetas, novidade recente para a indústria de móveis da época e observou que a Florestal era frequentada quase exclusivamente por marceneiros e sugeriu que aquele era um ótimo ponto para a revenda deste produto. Fiz um pedido de uma caixa para cada medida, cinquenta pares cada, na cor cinza metálica, pesadíssimas. Não demorei a me arrepender, pois passados três meses não havia conseguido vender nenhum par. Percebi que o marceneiro tradicional era o elo com maior resistência para aceitar o novo.

Diante do impasse e por sugestão do meu amigo passei a entregar gratuitamente um jogo de corrediças para quatro gavetas a todos os marceneiros que nos dessem preferência nos demais produtos dos seus projetos. O sucesso foi espetacular, eles ficaram encantados com a nova tecnologia. Fomos a primeira loja a vender corrediça metálica para marceneiros, no interior do estado de São Paulo. Hoje, aos setenta e dois anos já nem ando mais de bicicleta, mas a Florestal vende muita corrediça”, finaliza.

Saiba quais são os produtos mais vendidos pela Florestal:
• Corrediça Telescópica TN H45
• Dobradiças
• Gaveta Metálica AvantBox

Serviço:
Rua Salto Grande, 583 – Jd. do Trevo
Campinas – SP
0800 009 3644

Deixe uma resposta