Atualidades

Como entrar no mercado moveleiro norte-americano?

Em 2015, os Estados Unidos se tornaram o maior importador de móveis brasileiros.

Em 2015, os Estados Unidos se tornaram o maior importador de móveis brasileiros.

O fato dos Estados Unidos terem se tornado o mais importador de móveis brasileiros aumentou o interesse de empresas nacionais a entrar no mercado. Agora um dos desafios é atender às expectativas desses consumidores.

Primeiramente vale saber que o material favorito deles é a madeira, porém há um crescente interesse na combinação de madeira com mármore e metais, como o cobre e o bronze, quando o assunto é móvel de luxo. Com relação à cor, atualmente a moda é voltada para tonalidades calmas e alegres de azuis, verdes e rosa.

Já o gosto do consumidor pode variar. Enquanto a geração “millennial” (pessoas nascidas até 1990) quer itens de qualidade, com preços acessíveis e produzidos com materiais sustentáveis e naturais, os chamados “baby boomers” (nascidos entre 1940 e 1960) preferem pagar mais por móveis modernos e contemporâneos.

O fato comum é que esses dois públicos estão morando em locais menores em que há a necessidade de funcionalidade. Esse dado mostra que itens sem função específica serão deixados de lado, havendo então preferência por móveis com aspecto artístico e dos híbridos.

A tendência foi percebida no plano de negócios contratado pelo Sindmóveis (Sindicato das Indústrias do Mobiliário) de Porto Alegre, (RS), para entender melhor como designers brasileiros de móveis podem entrar naquele mercado.

De acordo com o Sindmoveis de Bento Gonçalves (RS), a desvalorização do real frente ao dólar foi um grande incentivo para a indústria moveleira nacional, que tem potencial de tornar seus produtos mais competitivos e aumentar a rentabilidade das exportações.

Fonte: Formóbile

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: